Teched 2011

Semana passada rolou o Teched 2011 e eu estive lá durante os 2 dias do evento. Reencontrei muitos amigos e conheci outros que só conhecia da comunidade virtual. Show de bola, fortalecendo o networking :)

Assisti 8 trilhas e acho interessante tecer minhas considerações:

General Session

Essa foi a trilha de abertura do evento e abordou em resumo todas as novidades do mundo Microsoft para os próximos meses. Gostei. Teve um toque de show com direito a discurso do presidente da Microsoft Brasil, algumas demos apresentando o System Center 2012, Windows Phone 7, SQL Server Denali, Office 365, Cloud, Cloud, Cloud, Cloud (isso mesmo; acho que ouvi essa palavra umas 100 vezes, risos) e etc.

Em especial gostei:

  • da notícia da fabricação do XBOX no Brasil;
  • da apresentação do Windows Phone e suas aplicações;
  • do System Center interagindo com dispositivos Android e iOS;
  • dos novos relatórios (super dinâmicos) do Reporting Services sendo exibidos/editados no browser (via SharePoint).

Achei esta sessão um pouco longa; durou cerca de 3 horas… mas vamos falar um pouco das outras palestras:

O que há de novo no Microsoft SQL Server Code-Named “Denali”

Foi a segunda palestra que assisti e sinceramente, foi decepcionante. Não posso avaliar o conhecimento dos palestrantes, mas o conteúdo e a apresentação estavam muito aquém do que se espera de um evento desse porte. Sai dessa trilha na esperança de que o nível melhorasse nas próximas… e melhorou.

Como montar um ambiente de alta disponibilidade com o Hyper-V

O palestrante Rodrigo Immaginario mandou muito bem nessa sessão, abordando as vantagens e desvantagens das diferentes formas de implementação de um cluster + Hyper-V. O cara acessou o ambiente de produção dele no Espírito Santo e fez um live migration “no quente”. Gostei.

Microsoft SQL Server Code-Named “Denali” AlwaysOn: Introduzindo a nova geração de soluções para alta disponibilidade

Uma das melhores trilhas que assisti… Nilton Pinheiro fez uma  apresentação impecável da nova feature de alta disponibilidade do Denali: AlwaysOn. Foi nesta trilha que descobri algo muito interessante no Denali: agora poderemos instalar o SQL Server num Windows Server Core! Bacana!

No 2º dia assisti as seguintes trilhas:

T-SQL: o que você deve saber do Microsoft SQL Server 2008 R2 e as novidades do SQL Server Code-Named “Denali”

Excelente trilha com o Gustavo Maia. O cara apresentou com muita propriedade as novidades da linguagem T-SQL no SQL Server 2008 R2 e Denali, fazendo comparativos entre SGBDs, apresentando dados históricos, e etc. Enfim, essa palestra foi muito bacana porque eu ainda não tinha parado pra olhar as novidades do T-SQL no Denali; somou muito!

Boas práticas para o SQL Server em ambientes virtualizados

O palestrante Airton Leal mandou muito bem; era nítido o domínio do cara nas tecnologias de virtualização e ele deu dicas preciosíssimas para quem quer trabalhar com ambiente virtualizado. Uma informação muito interessante que ele disponibilizou: se você tem um sistema rodando numa maquina física e deseja transporta-lo para uma maquina virtual, esteja ciente que o overhead mínimo no desempenho será de 12%. Essa informação foi bem bacana, porque muita gente defende que não tem custo nenhum; afirmação que para mim sempre pareceu bem absurda. O único ponto que achei muito estranho nessa palestra: o título! Tudo era focado em boas práticas para ambientes virtualizados, porém, nada focado em SQL Server. Mesmo assim, somou!

Cenários de otimização com o SQL Server “Denali” e 2008

Trilha de alto nível técnico com o Luti e Fabiano Amorim… os caras deram dicas preciosas de otimização, todas muito bem argumentadas e demonstradas. Se eu não tivesse feito o curso de internals e de índices (com o Luti), diria que essa teria sido, para mim, a melhor trilha do evento, pois em 1 hora, os caras deram informações que você não encontra na maioria dos livros de tunning. Muito bom mesmo!

Raio-X do SQL Server: Arquitetura interna do gerenciador de banco de dados

Outra trilha fantástica! Inicialmente não tinha me programado para assistir essa palestra, porque fiz o curso de internals recentemente; mas mudei os planos mais na curiosidade e fui surpreendido pela apresentação do Catae e do Felipe Pimenta… em 1 hora os caras conseguiram resumir e discorrer sobre os principais pilares da arquitetura do SQL Server. Muita gente saiu dessa trilha com o cérebro fritando, mas os palestrantes foram ótimos e se esforçaram em serem o mais didático possível. Fechei o Teched com 2 trilhas nível 400 de verdade :)

Conclusão

O evento foi muito bom, com excelente organização e pontualidade. A maioria dos palestrantes eram “feras” e isso enriqueceu muito a experiência. Agora a pergunta que muita gente me faz: “voltaria ao evento em 2012?”. E eu respondo: o evento é muito bom, porém ainda acho que não vale o preço (principalmente quando o profissional paga do próprio bolso, risos). Enfim, poderiam dar uma melhorada no valor; ou quem sabe, no próximo ano, meu cliente resolve pagar essa conta; afinal ele é um dos principais beneficiados com esse investimento :D

Silas Mendes

Premium Field Engineer, amante de tecnologia, músico nas horas vagas, marido e pai full time :) Silas Mendes é formado em banco de dados pelo IBTA e possui certificações MCT, MCP, MCTS e MCITP em SQL Server. silas@dbabrainstorm.com

Um comentário em “Teched 2011

Deixe uma resposta